Último evento da série Hemp Fair EXP conversa com legisladores e agentes técnicos do governo sobre riscos e oportunidades com a planta Cannabis sativa; ao menos R$ 160 bilhões deixam de entrar na economia nacional, até o momento

No dia 15 de março, acontecerá o evento regional Hemp Fair Experience Brasília. Durante seis meses as capitais do Paraná, São Paulo, Rio Grande do Norte, Mato Grosso e Brasília-DF receberam conhecimentos científicos profundos sobre a planta Cannabis sativa, para públicos diversos. Sociedade, Ciências, Indústrias, Agronegócios e Legislação foram temas recorrentes nas apresentações técnicas.

Ao menos 21 setores econômicos-sociais, que envolvem agricultura, indústrias, ciências e 12 mercados latentes no PIB brasileiro conheceram os potenciais em torno da Cannabis Medicinal e do Cânhamo Industrial.

Especialistas da saúde humana e animal, agronomia e indústrias apresentaram motivos amplos para termos produção regulada e direcionadas à industrialização legalmente no Brasil. A realização da série de encontro é da Associação Brasileira das Indústrias de Cannabis (ABICANN).

A Cannabis Medicinal e o Cânhamo para uso industrial podem gerar milhares de emprego, renda às populações excluídas e muitos impostos a recolher pelo Estado. Para isso, o Brasil precisa de leis claras dentro de dois ano, no máximo, afirma o Presidente do Conselho Gestor da ABICANN, Thiago Ermano.

Foram convidadas a comparecerem ao evento exclusivo para atualizar o públicos sobre o tema Cannabis: Assuntos Regulatórios, Legislações e os próximos anos autoridades governamentais, legisladores com leis aprovadas em 8 Estados, empresários agroindustriais, representantes de associações prol Cannabis e agentes técnicos de diversos ministérios, secretarias e agências.

Análises sobre os interesses e necessidades gerais do Brasil

A formalização dos mercados da Cannabis Medicinal e do Cânhamo Industrial no Brasil traz benefícios para o Estado, com uma nova fonte de arrecadação de impostos e taxas, e benefícios para setores sociais, econômicos e políticos. De acordo com a ABICANN, anualmente o Brasil poderá gerar à economia nacional R$ 160 bilhões, assim que regulados os mercados da Cannabis pelas casas legislativas, agência reguladoras e ministérios.

Essa visão orienta um mercado justo e ético, que tende a evitar distorções econômicas e injustiças sociais, como ocorre desde a criação da Política Nacional de Drogas, instituída por Decreto Lei de novembro de 1938. São 84 anos sem estímulos a pesquisas ou às ciências. Enquanto isso, 100 países já regularam ou legislaram sobre a Cannabis sativa, essa valiosa cultura agrícola.

Em formato de painéis, a programação da manhã da Hemp Fair Exp Brasília abordará o panorama econômico-social no uso medicinal e industrial da Cannabis. Especialistas e pesquisadores argumentam sobre os motivos para se regular e legislar essa planta milenar e suas variedades genéticas no Brasil.

Para Gustavo Marra, COO da USA Hemp Brasil, unidade de uma das maiores empresas de produtos naturais com Cannabis do mundo, é grande o potencial do Brasil para a produtividade e industrialização da planta.

O diálogo com os poderes é o caminho para abrirmos as portas rumo ao desenvolvimento da indústria de Cannabis e Cânhamo no país. Esse desenvolvimento possibilitará o crescimento do nicho no agronegócio e nas indústrias farmacêuticas, têxtil, alimentícia, dentre outras, uma vez que o Brasil tem potencial para se tornar um grande produtor e exportador dessa commodity.

Agroindústrias, os benefícios da Cannabis Medicinal e do Cânhamo na Economia é assunto do terceiro painel. E, por fim, o painel mais importante da tarde questiona o quanto o poder público está pronto para orientar os mercados da Cannabis no Brasil.

O evento no Distrito Federal encerra uma série de cinco Estados visitados e anuncia o lançamento da feira internacional Hemp Fair Brasil 2023, que acontecerá em São Paulo, entre os dias 13, 14 e 15 de abril.

PROGRAMAÇÃO DE BRASÍLIA:

08h00 – Abertura dos Credenciamentos

08h30 – Cannabis: Panorama econômico-social no uso medicinal e industrial

– Thiago Ermano, Presidente do Conselho Gestor da Associação Brasileira das Indústrias de Cannabis (ABICANN) e Gestor da Hemp Fair Brasil 2023

– Dr. Wilson Galvão Andrade, Presidente da Câmara Setorial Nacional da Cadeia Produtiva de Fibras Naturais (CSFN) do Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) e Presidente do Sindicato das Indústrias de Fibras Vegetais no Estado da Bahia (SINDIFIBRAS)

– Carol Aguiar, Mentora em Inteligência Relacional e Vice-Presidente de Relacionamento e Comunidades da ABICANN

 

09h30 – Painel 1: Por que regular e legislar sobre a cultura da Cannabis sativa e suas variedades genéticas?

– Dr. Welington BriquesMédico e Cientista, Consultor Científico da ABICANN (Vídeo Apresentação)

– Wilson Santos, Educador, Deputado Estadual de Mato Grosso, autor da Lei nº 11.883/22, para o fornecimento de medicamentos à base de canabidiol pelo sistema público de saúde em MT

– Fábio Costa Jr., Farmacêutico Industrial e Consultor para projetos com Cannabis

– Dra. Ana Fábia Martins, Advogada especializada em Direito da Moda e Cânhamo Industrial e Vice-Presidente Jurídica da ABICANN

– Rafael RedwoodCEO da USA Hemp (Vídeo Apresentação)

– Gustavo Marra, COO da USA Hemp Brasil

10h50 – Perguntas abertas ao Público

 

11h00 – Painel 2: Agroindústrias e os benefícios da Cannabis Medicinal e do Cânhamo na Economia nacional

– Vinícius Carrasco, Engenheiro Agrônomo e Consultor para Cânhamo Industrial (Vídeo Apresentação)

– Nathalie Vanegas, Vice-Presidente de Relações Internacionais da Associação Brasileira das Indústrias de Cannabis (ABICANN)

– Dr. Derly Jose Henriques da Silva, Agrônomo, Professor de Genética, Melhoramento e Produção de Hortaliças e Curador do Banco de Germoplasma da Universidade Federal de Viçosa/MG (UFV)

– Dra. Katia FerraroMédica Veterinária, integrante do GT Técnico do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) e Pesquisadora de produtos com Cannabis Medicinal para uso animal

– Elder Rodrigues, Engenheiro Florestal e especialista em Regeneração Ambiental com Produtividade

12h20 – Perguntas abertas ao Público

 

12h30 às 13h30 – Intervalo para o Almoço livre

13h30 às 14h00 – Ações de Relacionamento (hall do salão de eventos)

 

14h10 – Painel 3: Regulamentações e Legislações: o Poder Público está pronto para orientar os mercados da Cannabis no Brasil?

– Dra. Yone Monteiro, Psicóloga Clínica, Especialista em Comportamentos Compulsivos e Codependência Familiar e Membro da rede PsicoCannabis

– Thiago Ermano, Presidente do Conselho Gestor da Associação Brasileira das Indústrias de Cannabis (ABICANN) e Gestor da Hemp Fair Brasil 2023

– Paulo Teixeira, Ministro do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar (MDA), Deputado Federal por São Paulo (licenciado), autor do PL 399/15, na Câmara dos Deputados, que propõe a regulamentação do plantio de Cannabis para uso medicinal e pela defesa de pesquisas à formulação de medicamentos com canabinoides no Brasil

– Goura Nataraj, Deputado Estadual do Paraná, representante da ALEP e proponente da Lei Pétala, democratizando o acesso a medicamentos à base de Cannabis

– Flávia Neves Rocha, Gerente-Geral de Medicamentos Substituta da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA)

– Moema Macedo, Especialista da Gerência de Produtos Controlados (GPCON) da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA)

– Dr. Wilson Galvão Andrade, Presidente da Câmara Setorial Nacional da Cadeia Produtiva de Fibras Naturais (CSFN) do Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) e Presidente do Sindicato das Indústrias de Fibras Vegetais no Estado da Bahia (SINDIFIBRAS)

– Dr. Rodrigo Montezuma, Advogado, Assessor Técnico Jurídico do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV)

16h20 – Perguntas abertas ao Público

 

16h30 às 17h00 – Autoridades Públicas e Encerramento

SERVIÇOS:

HEMP FAIR EXP Brasília

Realização: 15 de março de 2023

Horário: das 8h30 às 17h00

Local: Complexo Brasil 21 – Suites Affiliated by Meliá, Brasília

Endereço: Quadra 6 Cj. A, Bloco F – Brasília – DF, 70316-901

RSVP: relacionamento@comunicarbem.com.br

 

Informações à imprensa:

Adriana Dias

+55 11 9.8539.3321

relacionamento@comunicarbem.com.br

 

REALIZAÇÃO: Associação Brasileira das Indústrias de Cannabis (ABICANN)

PRODUÇÃO EXECUTIVA: Agência Comunicar Bem

APOIO DE MÍDIA: Green Science Times e Business Watching